in

15 Dicas para Lacrar Falando com Sotaque Inglês Americano

Como especialista de pronúncia em inglês, passei quase 15 anos ajudando pessoas de todo o mundo a modificar o seu Inglês falado para falar mais claramente ou parecer mais local nos Estados Unidos. Durante esse período, descobri que a maioria dos alunos Brasileiros tem 5 ou 6 áreas de pronúncia que precisam corrigir por meio de um treinamento de modificação de sotaque Inglês Americano.

Este artigo pressupõe que você quer falar inglês mais claramente ou quer soar como um falante nativo Americano. As pessoas geralmente começam a pensar em suavizar seus sotaques depois de atingirem uma boa compreensão, gramática e vocabulário, embora eu recomende começar com pronúncia logo no início do seu aprendizado, para evitar esses vícios de pronúncia Brasileiros que certamente surgirão se não treinados.

Que tipos de objetivos você espera alcançar? Ser entendido é o mais importante ou você aspira soar como alguém que cresceu falando inglês como primeira língua.

Dica 1. Treine seu ouvido para ouvir pronúncias semelhantes, porém diferentes.

Ao ouvir um nativo falando inglês Americano, tente observar como eles formam as palavras. Observe a abertura da boca – está mais aberta? mais fechada? O que os lábios da pessoa estão fazendo? Muitos falantes de segunda língua inglesa não usam posições maiores na boca que os falantes nativos de Inglês. Começar a assistir a boca dos falantes de inglês e como eles falam o ajudará a iniciar algumas alterações na modificação de sotaque Inglês Americano.

Dica 2. Fale muito alto, encontre um lugar para praticar seu Inglês Americano.

Fale em voz alta sempre que puder, para outras pessoas ou quando estiver sozinho. Com outras pessoas é melhor, é claro. Torne-se realmente bom em falar inglês em voz alta. Repita após a TV, use música, repita após anúncios. Apenas tente continuar falando o máximo que puder. Isso se aplica especialmente aos Brasileiros que acabam muitas vezes se fechando na hora de falar porque estão preocupados com as críticas não dos gringos que jamais iriam criticar, mas sim de outros Brasileiros.

Tente alocar um lugar onde você possa falar em voz alta e se sentir confortável. O chuveiro pode ser um bom lugar para começar e depois vai se espalhando pela área impressionando os meros mortais com sua confiança.

Dica 3. Permita-se cometer erros para ajudar a modificar seu sotaque.

A partir do ponto acima – não se preocupe em cometer erros. Os Americanos adoram quando as pessoas se esforçam para melhorar seu Inglês. Por favor, não se contenha. Cometer erros é bom, se você não cometer erros, como irá se corrigir e aperfeiçoar. A perfeição só chega depois de muitos erros, ninguém acerta desde a primeira. Aconselho meus alunos – em vez de ficarem frustrados com o erro, comemorem quando as pessoas entenderem o que você disse a primeira vez!

  Dica 4. Dê um duro danado na sua modificação de sotaque – foco nela trará grandes resultados

Ao ler este artigo, você já começou. Algumas pessoas podem passar a vida inteira e permanecer difíceis de entender, apesar de viverem nos EUA ou no Canadá, na Austrália ou no Reino Unido por anos. Isso é porque eles nunca decidiram melhorar sua pronúncia em Inglês. Como qualquer habilidade, se você decidir se concentrar nela e se comprometer a fazer o necessário para melhorar, definitivamente o fará.

Dica 5. Trabalhe ou interaja com falantes nativos de Inglês Americano

Obviamente, isso depende de onde você mora e quanta flexibilidade você tem. Se você mora em um país que não é os Estados Unidos ou outro país de língua Inglesa, tente escolher um trabalho que o exponha pessoalmente ou por telefone aos Americanos e converse bastante. Se isto for impossível, há muitos gringos que querem aprender Português, que tal um intercâmbio de idiomas? Você vai aprender ainda mais ensinando Português para um americano.

Se você estiver em um país de língua Inglesa e estudando, talvez considere um emprego em um restaurante ou call center. No início, será desconfortável, mas existem muitos tipos de trabalhos em que você pode continuar trabalhando em seu Inglês enquanto ganha dinheiro. Se você está procurando um tipo de carreira, certifique-se de falar e participar do local de trabalho. Participe e fale nas reuniões, participe de grupos sociais e tente imitar os locais em termos de falar o máximo que puder. Ao começar a trabalhar na modificação de sotaque, você descobrirá que tudo fica ainda mais fácil quando você pratica muito inglês.

Dica 6. Faça 15-30 minutos de prática diariamente.

O seu tempo de prática determinará diretamente seu nível de sucesso, mas não exceda 30 minutos por dia. Você precisa reservar um tempo para pensar e se concentrar ativamente em sua pronúncia. Para a maioria das pessoas, acho que uma pequena quantidade de tempo diariamente é uma boa maneira de estruturar sua prática de modificação de sotaque on-line. Ao planejar o seu dia, pense em quando pode ser melhor para você – pode estar caminhando para o trabalho, quando toma café da manhã ou depois do trabalho (se você é uma pessoa noturna). O principal é ter um cronograma adequado para a prática, para que seja feita.

Dica 7. Estabeleça a meta que você deseja alcançar

O que é o sucesso para você? Comece pensando em como é a sua pronúncia agora e depois passe para como você pode soar no futuro. Você mora nos Estados Unidos e quer passar despercebido como um nativo entre os Americanos? Você mora no Brasil e quer impressionar o seu chefe durante uma reunião em Inglês com maior confiança e um sotaque mais Americano? Quer arrasar na aula de Inglês com música na semana que vem? Fixe uma meta pro seu Inglês e erá servirá de inspiração para você realizar seu objetivo de redução de Sotaque.

Dica 8. Recompense-se por suas realizações e avanços

Você pode usar as idéias acima para marcar onde gostaria de estar no final do seu curso de pronúncia e comemorar quando sentir que atingiu esse nível. Pense em algumas possíveis inspirações adicionais:

  • Nível de confiança ao falar Inglês – pense em uma pessoa em particular com a qual você ficaria nervoso para falar Inglês no início e comemore quando conseguir.
  • Inspire-se em uma entrevista ou apresentação de trabalho bem-sucedida que sua pronúncia ou sotaque melhorados deixou ainda melhor.
  • Falar ao telefone – pense em como é fácil usar o telefone agora que você consegue entender Inglês melhor.
  • Aguarde um elogio – aguarde até alguém familiarizado com você comentar sobre como o seu inglês melhorou.
  • Em termos de como se recompensar, há muitas coisas a fazer. Adoro comida, novas experiências, sair à noite com os amigos. Escolha algo que você possa esperar e faça, você merece.

Dica 9. Passe um tempo conversando com nativos de inglês

Quanto mais tempo você gasta com pessoas que falam inglês praticando sua audição e sua pronúncia em inglês, mais fácil será para você alcançar os resultados que procura com a modificação de sotaque, seja on-line ou não.

As formas de encontrar falantes nativos de inglês: Não fale com desconhecidos

Na minha opinião, você não está no caminho certo se estiver indo em qualquer lugar online para encontrar essas nativos Americanos. Você deve se concentrar em encontrar amigos Americanos, pessoas que compartilhem os mesmos interesses, hobbies, paixões.

Conversar com estranhos aleatórios também ajuda, mas não parece comunicação pra mim porque não há aquela afinidade. Use sites de troca de ensino de idiomas, mídias sociais, blogs, Quora – os gringos Americanos estão em toda parte e você pode se conectar facilmente a muitos deles. Mas faça o que fazer, tente não gastar muito tempo conversando com estranhos sobre coisas que eles querem falar, que você não curte. Você pode gastar esse tempo se comunicando com as pessoas que deseja e sobre os temas de seu interesse.

Mesmo se você tentar e não encontrar um gringo, você pode encontrar outros Brasileiros no seu nível que sabem que estudar juntos é muito mais proveitoso do que sozinho, a famosa frase “duas cabeças são melhores que uma”. Um amigo de estudo dedicado pode ser mil vezes melhor do que um Americano que não conhece suas dificuldades. Papos com Americanos são bons quando você já consegue se comunicar razoavelmente bem e quer praticar e receber dicas sobre como melhorar sua comunicação.

Recentemente, eu estava lendo um estudo que descobriu que alguns estudantes do Brasil estavam retornando de estudos no exterior em lugares como Canadá, EUA e Austrália com pior inglês do que quando partiram. A questão é que os alunos passam o tempo todo com outros brasileiros e não praticam nenhum Inglês de verdade fora das aulas. Aconteceu o mesmo com alunos Chineses, é comum. Prometa a si mesmo que não deixará isso acontecer.

Dica 10. Permita que nativos o corrijam

Muitas vezes, os alunos me dizem que gostariam de receber feedback ou ser corrigidos por um falante nativo de inglês durante a conversação, se for o momento apropriado – ou seja, não no meio de uma apresentação claro. O problema é que muitos nativos não se sentirão confortáveis ​​em fazer isso. Eles podem ter medo de ofender você.

Ao dizer a eles, que gostaria da sua ajuda “Se você me ouvir dizendo uma palavra incorretamente ou não puder me entender, gostaria que você me dissesse, pois isso realmente me ajudará a melhorar minha pronúncia”. A maioria dos Americanos ficará feliz em ajudar.

Dica 11. Pratique a leitura em inglês em voz alta

Passar um tempo lendo em voz alta pode ser muito útil. Você pode ouvir sua própria pronúncia e isso ajuda a diminuir a velocidade do seu discurso. Você pode até gravar a si mesmo, basta colocar um telefone para filmar por perto, para ver como você forma as palavras e refletir sobre seu discurso. Qualquer um desses truques adicionais para que você pense sobre seu sotaque e pronúncia fará uma grande diferença nas mudanças que você pode conseguir.

Dica 12. Grave sua fala e reproduza-a

Essa pode ser uma boa maneira de aprender em quais áreas você pode precisar trabalhar. Isso funciona melhor se você já realizou algum estudo de modificação de sotaque e começou a treinar suas técnicas de audição. Ter uma gravação do seu discurso pode ser extremamente útil. Grave-se lendo uma frase e ouça-a algumas vezes. Tente se colocar no lugar de um falante nativo de inglês. Pergunte a si mesmo;

  • Quão rápido ou lento estou falando? Existe espaço suficiente entre minhas palavras para que meu ouvinte me entenda claramente.
  • Que volume estou usando? Aqui está uma dica: Americanos não tem problemas com pessoas barulhentas. O problema que as pessoas têm em relação ao volume é Brasileiro falando muito baixo. Na minha experiência, o discurso em voz baixar vem de pessoas que não têm confiança. O bom de ter um problema com uma voz baixa é fácil de corrigir. Você só precisa falar. A fala em voz baixa também pode levantar problemas para as pessoas que trabalham em um ambiente de trabalho barulhento, lugares como canteiros de obras, hospitais e escritórios movimentados podem ser desafiadores.
  • Estou usando uma boa ênfase nas palavras e sílabas? Eu tenho vídeos que explicam o que é ênfase. Mas, para resumir, os falantes de inglês usam ênfase para fornecer indicações ao ouvinte sobre quais são as partes importantes de uma frase. Considere a palavra “The computer’s old”. Os falantes nativos enfatizam COMPUTADOR e as palavras menos importantes são faladas com menos ênfase.
  • Estou conectando as consoantes e vogais? Compreender como funciona a conexão entre consoantes e vogais faz uma grande diferença na clareza da fala. Não vou tentar explicar isso aqui, mas dê uma olhada nesta postagem sobre sons de vogais e consoantes para saber mais.

Dica 13. Estique a boca, acostume-se a fazer posições estranhas na boca

Comparado a alguns idiomas, o inglês claro eficaz exige algumas posições exageradas da boca. Às vezes, você vê atores se aquecendo antes de uma apresentação e eles esticam a boca. Realizando exercícios de alongamento da boca – movendo a mandíbula de um lado para o outro, abrindo a boca o máximo possível, enfiando a língua para fora e fazendo círculos, pode ajudar a relaxar a boca e a mandíbula e acostumar-se a fazer melhores posições na boca. Isso significa que quando você pratica suas posições exageradas falando Inglês Americano, não se sente tão estranho depois.

Dica 14. Pratique Inglês com outro Brasileiro

Encontre um parceiro Brasileiro que também esteja trabalhando em sua pronúncia. Use-o para testar sua conversação e verificar sua modificação de sotaque e como ela está progredindo. Você pode enviar arquivos de som um ao outro, deixar mensagens de voz para o seu parceiro e pedir feedback. Ouça suas gravações juntos. Você pode até criar um sistema de classificação; Quão rápido você está falando? Você tem um bom volume? Quão fácil você é de entender? Peça ao seu parceiro de prática que lhe dê uma classificação.

Defino o termo modificação de sotaque como o processo de ajustar a pronúncia do inglês Americano de uma pessoa para parecer mais com um nativo de inglês, para falar com mais clareza ou como uma combinação de ambos.

Dica 15. Você precisa de uma estrutura – pense em um curso de modificação de sotaque on-line

Como você pode ver, há muito o que pensar. Ter uma estrutura para trabalhar, no entanto, aumenta suas chances de sucesso. Assistir vídeos aleatórios pode ajudar, mas você pode não abranger todos os temas. Ser capaz de estudar uma área de pronúncia, trabalhar com materiais de prática e obter feedback facilitará o processo.

Existem vários cursos gringos on-line de redução de sotaque disponíveis on-line, embora acredite que o meu seja o melhor!

Você vai adorar o fato de o treinamento ser personalizado para Brasileiros e nossas técnicas de autoavaliação muito legais, permitindo que você ouça e compare seu discurso com o de um falante local de Inglês. Posso sugerir que você se cadastre neste site para receber por e-mail alguns vídeos gratuitos de modificação de sotaque inicial.

Antes de ir, lembre-se de que os sotaques são incríveis e eu amo o sotaque Brasileiro!

O termo modificação de sotaque não é a melhor descrição do que posso ajudá-lo a fazer. Tem mais haver com uma questão de ajustar seu Inglês como um todo e não apenas seu sotaque. Os sotaques são uma parte verdadeiramente maravilhosa de quem somos e de onde crescemos. Ser compreendido é o mais importante e, dependendo de com quem você fala regularmente, pode ser necessário alterar sua pronúncia mais ou menos. Quanto mais idosas as pessoas, mais difícil é a audição e com que frequência elas são expostas à pronúncia em inglês de alunos de Inglês Americano com sotaque brasileiro. Se você já é bem compreendido e quer apenas se parecer mais um nativo de inglês Americano – ótimas! Lembre-se de que seu sotaque é algo para se orgulhar. Você passou todo esse tempo aprendendo Inglês – lembre-se de dar um tapinha nas costas!

Pensamentos Finais

Então, aqui está um rápido resumo das principais sugestões que você pode usar para obter ótimos resultados trabalhando em um processo de modificação de sotaque usando ferramentas online e offline.

  • Comece a treinar seu ouvido para ouvir uma pronúncia diferente
  • Fale em voz alta – muito
  • Permita-se cometer erros
  • Trabalhe na sua pronúncia e modificação de sotaque
  • Trabalhe com falantes nativos de inglês
  • Trabalhe com Brasileiros igualmente comprometidos
  • Comprometa-se com a prática diária
  • Recompense-se por conquistas
  • Passe algum tempo com nativos de inglês
  • Permita que outras pessoas o ajudem
  • Pratique a leitura em voz alta
  • Grave seu discurso
  • Estique sua boca
  • Pratique com um parceiro
  • … E, acima de tudo, dedique um tempo para encontrar um curso estruturado que funcione.
  • E por último, divirta-se.

Encontrei pessoas capazes de rir de seus erros com os outros. Não se leve muito a sério. Todo mundo quer que você seja fácil de entender e as pessoas querem apoiá-lo. Você deve falar alto e não ter medo de cometer erros. Quando você cometer um erro, ria, siga em frente e divirta-se no caminho.

Obrigado pela leitura

Alex Barros

Intérprete de Inglês. 17 anos nos EUA.

Report

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

What do you think?

101 points
Upvote Downvote